Friday, October 8, 2010

anjo de mãos de terra

anjo de mãos de terra
e de coração nas entranhas
sujas
precioso grão de manhãs solarengas
na varanda, bebendo as sombras dos ciprestes

gavetas de pedra
guardando perfumes de bordados antigos
e
quebrando amores;
lugar solitário
cisnes no céu-da-boca

No comments:

Post a Comment